Sabores da Minha Infância

RECEITA – VARÉNEKE

Deixe um comentário

RECEITA – VARÉNEKE

Para a Massa você vai precisar de:

* 1 kg de farinha de trigo
* 2 gemas
* 1 colher de sopa de manteiga
* ½ colher de sal
* 300 ml de água, levemente morna

Preparo da Massa: Misture as gemas, manteiga, sal e água. Bata bem, e aos poucos vá acrescentando a “anaconda”, ou melhor, a farinha até dar o ponto de massa. Amasse, amasse, amasse e amasse mais um pouco até ficar lisa e firme. Deixe descansar e vá fazer o recheio… Já voltamos com essa parte.

Para o recheio:

* ½ kg de batata

* requeijão cremoso

* salsinha e sal a gosto.

Preparo do recheio: Cozinhe a batata com sal, depois escorra e esprema (como se fosse fazer um purê, só que ao invés de colocar leite, coloque o requeijão), misture bem com o requeijão e com a salsinha (se preferir). Reserve e vamos voltar à massa.

Continuação massa: Abra a massa com um rolo, corte em rodelas (com um copo). No meio, coloque o recheio, dobre bem as bordas para não soltar. Coloque-o sobre um pano, enquanto faz os outros (na verdade, nem sei o porquê do pano, mas a “mamis” ensinou assim, então é melhor assim!). Em uma panela com água fervendo e sal, coloque os varénekes. Quando subirem e ficarem na superfície, retire-os com auxilio de uma escumadeira. Regue com manteiga derretida e sirva!!!

OBS: O Varéneke pode ser servido com nata (creme de leite fresco), como é servido na culinária ucraniana.

Receita postada pelo blog http://pimentacalabresa.wordpress.com

Eu fiz esta receita como uma tortéia, massa recheada com abóbora e carne de sol, e ainda coloquei o molho da mama por cima.
Ficou uma delícia e também tem DSC02255sabor de infância.

Autor: Celia Rabello

Eu sou Célia Rabello, chef de cozinha tenho um buffet e uma fabrica de massas frescas da cozinha Italiana. Aninha e suas pedras Não te deixes destruir... Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas. Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça. Faz de tua vida mesquinha um poema. E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir. Esta fonte é para uso de todos os sedentos. Toma a tua parte. Vem a estas páginas e não entraves seu uso aos que têm sede. Cora Coralina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s