Sabores da Minha Infância

Minestrone

Deixe um comentário

Minestrone

2 colheres de sopa de azeite extra virgem
1 cebola média picada
½ pimentão vermelho, tirar o miolo e as semente, cortar em cubos médios
1 dente de alho finamente picado
2 abobrinha pequena , limpa e cortada em cubos
½ quilo ervilhas em fava, cortado ao meio
Feijão branco já pré-cozido (1 xícara de feijão em grão)
6 xícaras de caldo de legumes
1 tomate grande maduro, sem sementes e cortadas em cubos
¼ colher de chá de tomilho fresco picado
½ xícara de arroz para risoto, como Arborio
Sal e pimenta do reino
Manjericão fresco picado, para guarnecer

01 – Aqueça o óleo em uma panela de sopa em fogo médio. Adicione a cebola e pimentão vermelho e cozinhe, mexendo ocasionalmente, até ficarem macios, cerca de 3 minutos. Junte o alho e cozinhe até que se desprenda o seu aroma, cerca de 1 minuto. Misture a abobrinha, feijão fava, feijão branco.

02 – Adicione o caldo de legumes, 2 xícaras de água, tomate, e tomilho, e deixe ferver em fogo alto. Reduza o fogo e tampe parcialmente a panela. Cozinhe até que os legumes estejam macios, cerca de 30 minutos.

03 – Enquanto isso, leve uma panela média de água levemente salgada para ferver em fogo alto. Adicione o arroz e reduza o fogo para médio. Cozinhe em fogo brando rápido até que o arroz esteja macio, cerca de 18 minutos. Escorra o arroz em uma peneira de arame e lave sob água corrente fria.

04 – Quando os legumes ficarem macios, junte o arroz na sopa e deixe cozinhar por alguns minutos para misturar os sabores. Tempere com sal e pimenta a gosto. Sirva quente ou em temperatura ambiente, polvilhado com o manjericão fresco.

Bom apetite

Autor: Celia Rabello

Eu sou Célia Rabello, chef de cozinha tenho um buffet e uma fabrica de massas frescas da cozinha Italiana. Aninha e suas pedras Não te deixes destruir... Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas. Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça. Faz de tua vida mesquinha um poema. E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir. Esta fonte é para uso de todos os sedentos. Toma a tua parte. Vem a estas páginas e não entraves seu uso aos que têm sede. Cora Coralina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s