Sabores da Minha Infância

Frango assado

Deixe um comentário

Ingredientes

Uma frango de 2 kilos mais ou menos
Sal a gosto
Pimenta do reino branca moida da hora
Azeite a gosto
Mostarda Dijon
um limão inteiro

Salmora
Água pra cobrir o frango
1/4 xícara de sal
suco de limões verde

Preaqueça o forno antes. Eu assei a 300°. Se seu forno não der deve assar no máximo do seu forno.

Lave bem a ave com água corente, juntar os ingredientes da salmora e por a ave nela por uma hora.
Tirar da salmora e lavar novamente e água corrente e secar com papel toalha por dentro e por fora.

Passe sal e pimenta moida na hora por dentro e por fora e a mostarda dijon por fora e por dentro da ave.
Vire as azas para baixo, coloque um limão inteiro dentro do frango, isso vai da sabor e deixar ele mais apresentável. Amarre as coxas cruzando o cardão fazendo um 8 e trazendo ele pra as costas amarrando o no pescoço do frango. Com isso ele vai assar por inteiro sem precisar cobrir nada.

Coloque a ave em uma forma não muito grande e regue azeite de boa qualidade por dentro e por fora.
leve a ave ao forno preaquecido sem cobrir até ficar dourado com a pele crocante.

Retire do forno, jogue tomilho por cima e não corte ainda,deixe ele descansar por 10 minutos.
Retire o suco que sobrou na forma engrosse ele levemente com um pouco de farinha de trigo, eu coloquei 2 colheres de sopa de shoyo porque o suco do meu estava com pouco sal, coe o molho e reserve. Regar por cima da ave um pouco de tomilho depois de cortada.

Separe as coxas as azas e corte corretamente o peito, mas vai acabar comendo com os dedos.

Pra mim este frango foi perfeito, o melhor que eu fiz era exatamente isso que eu queria, algo sem muito tempero, bem limpo sem cheiro, pele crocante, assado por inteiro e de preparo simples. E o molho ficou muito saboroso.

Autor: Celia Rabello

Eu sou Célia Rabello, chef de cozinha tenho um buffet e uma fabrica de massas frescas da cozinha Italiana. Aninha e suas pedras Não te deixes destruir... Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas. Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça. Faz de tua vida mesquinha um poema. E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir. Esta fonte é para uso de todos os sedentos. Toma a tua parte. Vem a estas páginas e não entraves seu uso aos que têm sede. Cora Coralina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.592 outros seguidores