Sabores da Minha Infância

Alfajor Peruano

Deixe um comentário

Ingredientes

1 xícara (chá) de açúcar refinado (180 g)
1 colher (sopa) de açúcar de baunilha
1 colher (café) rasa de fermento em pó
1 e 3/4 xícara (chá) de farinha de trigo (210 g)
2 xícaras (chá) de amido de milho (200 g)
200 g de manteiga extra sem sal, gelada e bem picada
3 gemas de ovos médios (50 g), peneiradas
1 colher (chá) de essência de baunilha de boa qualidade
1 colher (sobremesa) de raspas de limão (opcional)

Modo de Fazer

Em uma tigela grande coloque os açúcares, o fermento em pó, a farinha de trigo, o amido de milho, a manteiga e amasse com a ponta dos dedos ou bata no processador até obter uma farofa úmida. Junte as gemas, a essência e amasse delicadamente com a ponta dos dedos ou bata novamente no processador até obter uma massa lisa e macia. Por último, agregue as raspas de limão e envolva bem. Embrulhe a massa obtida em papel alumínio ou filme plástico e deixe gelar por uma hora ou até que esteja bem firme. Abra porções da massa entre duas folhas de plástico na espessura de 5 mm e corte os alfajores com um cortador redondo de 5 ou 6 cm de diâmetro. Distribua os discos de alfajor sobre chapas de alumínio ligeiramente untadas com manteiga e polvilhadas de farinha de trigo e asse-os em forno pré aquecido à 170ºC até que estejam levemente dourados. Deixe esfriar sobre uma grade, aplique o recheio e decore a gosto.

Recheio

1 lata de doce de leite em ponto de corte
350 g de geléia de damascos
500 g de brigadeiro escuro ou branco
500 g de ganache ou trufa de sua preferência

Montagem dos Alfajores: Utilizando um saco de confeitar com bico perlê médio, distribua o doce de leite sobre um disco de alfajor e una com outro disco por cima, pressionando delicadamente. Em seguida, banhe os alfajores em chocolate derretido e resfriado e deixe secar. Por último, embale como desejar.

Banho de Chocolate

250 g de chocolate cobertura ao leite
250 g de chocolate meio-amargo bem picado

Rendimento: 36 unidades
Receita do Chef Alvaro Rodrigues.

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2011/02/sabores-de-buenos-aires-mostra-como-e-o-verdadeiro-alfajor-argentino.html

Autor: Celia Rabello

Eu sou Célia Rabello, chef de cozinha tenho um buffet e uma fabrica de massas frescas da cozinha Italiana. Aninha e suas pedras Não te deixes destruir... Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas. Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça. Faz de tua vida mesquinha um poema. E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir. Esta fonte é para uso de todos os sedentos. Toma a tua parte. Vem a estas páginas e não entraves seu uso aos que têm sede. Cora Coralina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s